quarta-feira, 31 de maio de 2017

O show não pode parar

Renato Russo sempre foi e sempre será lembrado pelos brasileiros. Ele não foi apenas um vocalista de uma banda de rock, mas um ídolo de milhões de pessoas, que até hoje enaltecem sua música.

Apesar de ser conhecido como um ícone de Brasília, Renato Manfredini Jr, o Renato Russo,  nasceu no Rio de Janeiro, onde viveu até os seis anos na Ilha do Governador, zona norte da cidade. Antes de ir para Brasília, o cantor morou dois anos em Nova York com a sua família. Só no ano 1973, o Renato se mudou para Brasília.

Antes da carreira musical, Renato estudou inglês na Cultura Inglesa, tornando-se mais tarde professor do curso. Além disso, após se formar em jornalismo, o futuro músico trabalhou como locutor na Rádio Planalto FM, onde apresentou um programa de jazz e, posteriormente, um só com músicas dos Beatles. Até se juntar a amigos e formar o extinto Aborto Elétrico. Um tempo depois, com Marcelo Bonfá, Dado Villa-Lobos e Renato Rocha, surgia a Legião Urbana. O resto é história. 

Como o show não pode parar, hoje nós temos Fernando Freitas, que mantém viva a obra de Renato. Carioca, músico e compositor, Fernando encontrou na arte sua mais sincera forma de expressão o que deu alicerce à toda sua vida, desde artística à construção de sua identidade e motivou seu interesse por bandas de rock. Ainda na adolescência, foi apresentado à obra de Renato Russo e, a partir daí, seus destinos foram cruzados. Passou a se interessar pela vida do músico, e,  principalmente, pela musicalidade do cantor e foi, em uma roda de violão com os amigos, que percebeu que levava jeito para a arte. Através de muitos elogios, surgiu a motivação para ter sua primeira experiência em uma banda de rock, uma das bandas cover mais famosas da Legião Urbana, a Arte Profana. 

E para continuar essa história, Fernando Freitas estará se apresentando em uma forma mais íntima, com seu show acústico,  no dia 26 de agosto de 2017, na Lona Cultural Gilberto Gil, em Realengo no Rio de Janeiro - RJ. Vocês não podem perder a chance de reviver músicas clássicas da Legião Urbana e presenciar um grande talento do circuito musical carioca. 

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Copyright © JORNAL IMPACTO | Suporte: Mais Template